News

WealthTech: o que é e como inovar na gestão das suas finanças

WealthTech -riqueza e tecnologia- é uma das principais áreas de investimento e gestão financeira. Consiste no uso de soluções tecnológicas para aumentar a riqueza.

Sumário

O que é WealthTech

Se nos perguntarmos sobre wealthtech, o que é?, primeiro devemos considerar o novo paradigma econômico baseado em tecnologia e gestão digital de ativos e investimentos. De fato, é um setor das finanças orientado para o desenvolvimento informático com o objetivo de melhorar a administração do capital e aumentar o patrimônio..

Esses tipos de serviços são manifestados por meio de empresas fintech, nas quais coexistem tecnologia e atividades financeiras. Portanto, constitui-se como um setor dentro deste último, onde predominam soluções informáticas de alto desempenho para investimento: sistemas algorítmicos, inteligência artificial, big data e aplicativos programáveis (API).

Esta corrente de empresas, companhias e startups convivem em um ecossistema denominado wealthtech. Este se posiciona como a nova grande fronteira em termos de serviços financeiros e finanças em nível global. A maioria das empresas desse tipo vem dos países mais economicamente desenvolvidos, embora existam muitos exemplos em todos os cantos do planeta.

De acordo com dados da Insider Intelligence, uma das consultorias mais reconhecidas em finanças e tecnologia, o setor wealthtech dos Estados Unidos concentra atualmente cerca de 4,6 trilhões de dólares. Além disso, 30% do financiamento do setor é destinado aos chamados robo-advisors. Os robo-advisors são um tipo de plataforma capaz de auxiliar na tomada de decisões, empregando sistemas avançados de inteligência artificial.

Como implementar o WealthTech

Embora seja um setor em crescimento rápido, é difícil para a maioria dos bancos, empresas e negócios, implementar esse tipo de soluções fintech por conta própria. Portanto, a maneira mais rápida de implementar esse modelo é por meio de parcerias com empresas de tecnologia.

Alianças comerciais

Por ser um ecossistema muito variado, existem múltiplas empresas e desenvolvedores de tecnologias desse tipo cujo principal objetivo é obter financiamento e exposição no mercado. Justamente por isso, a melhor maneira de dispor de soluções financeiras para a gestão patrimonial é por meio de alianças comerciais com empresas do setor.

Desenvolvimento de serviços próprios

A implementação de soluções financeiras baseadas em informática requer uma análise das características da empresa, banco ou negócio.

Portanto, é necessário determinar o tipo de serviço de gestão que será oferecido e os requisitos técnicos necessários para seu desenvolvimento: fornecedores de dados, interfaces de programação de aplicativos (APIs), robo-advisors, etc.

Compreensão dos hábitos financeiros de seus clientes com a ferramenta PFM (Controle de Despesas Pessoais)

Legalidade e estrutura regulatória

O setor dedicado a serviços de wealthtech deve respeitar os requisitos de obtenção e proteção de dados da Diretiva PSD2 de Pagamento Revista da União Europeia para dispor de dados legítimos de provedores terceirizados

Além disso, o Know Your Client e as normas da Sexta Diretiva Europeia de Combate à Lavagem de Dinheiro devem ser cumpridos.

Plataformas digitais e aplicativos

Finalmente, a implementação adequada dos serviços de gestão financeira e patrimonial desse tipo é orientada para o consumo pessoal dos clientes e empresas. Portanto, devem ser desenvolvidas plataformas e aplicativos com capacidade operacional suficiente para acesso direto do cliente. Ao mesmo tempo, essas devem atender aos padrões de segurança necessários para proteger os dados e o patrimônio da pessoa..

Benefícios do WealthTech para os usuários

As soluções informáticas próprias das fintechs e, em particular, do wealthtech, representam um salto qualitativo na gestão e administração do patrimônio. Embora existam certas operações que não são novas, essas são otimizadas para melhorar seu desempenho e, portanto, maximizar os resultados.

Novos produtos e serviços

O avanço deste setor e as contribuições do big data permitem criar novos e melhores serviços com base nas próprias características dos clientes. Da mesma forma, como são operações automatizadas, o custo de gestão é reduzido. Nesse sentido, o cliente pode investir sem dispor de um grande capital.

Assistência à tomada de decisões

A gestão de investimentos também se torna uma tarefa menos complexa. Devido aos avanços em inteligência artificial e sistemas algorítmicos, os robo-advisors oferecem assistência à tomada de decisões, reduzem o risco e aumentam o retorno do investimento.

Gestão da carteira de investimentos

Graças à integração e padronização dos procedimentos de troca e finanças online, existe um amplo campo de desenvolvedores que oferecem a possibilidade de manter uma carteira de investimentos inteiramente online. Nesse sentido, o cliente pode usar seu capital em diferentes áreas e acessar mercados internacionais aos quais de outra forma não teria acesso.

Os Wealthtech é uma tendência que se consolidou como um dos setores de melhor desempenho no mundo das fintechs. Portanto, representa um salto qualitativo na gestão do patrimônio e da riqueza.

Inscreva-se em nossa newsletter e receba nossas últimas notícias diretamente na sua caixa de entrada.