News

As tendências em finanças que definirão o mundo em 2024

Preocupado com a rapidez com que os gostos dos seus clientes estão mudando? Sua instituição está lutando para se adaptar aos novos desafios do mercado? Apesar das complexidades do panorama que se avizinha, a realidade é que se abrem muitas possibilidades para os bancos tradicionais. Não perca a oportunidade de conhecer as novidades que o próximo ano nos trará e... continue lendo!

Sumário

A busca pelo equilíbrio entre tecnologia e confiança no setor financeiro

A aplicação de inovações tecnológicas aos produtos bancários oferece às instituições uma oportunidade única para melhorar a vida das pessoas. E é que estas desempenharão um papel central na gestão da economia doméstica de seus clientes nos próximos meses. Aqueles que não o fizeram ainda devem comprometer-se já com a melhoria da saúde financeira geral.

O melhor de tudo? Podem fazê-lo automaticamente enquanto aumentam suas vendas.

Cashback

Este termo refere-se à quantia de dinheiro que o banco devolve após uma compra em estabelecimentos específicos. O cashback levou a experiência de compra a um nível completamente novo. Não se trata apenas de gastar dinheiro, mas de ganhar algo em troca! Os consumidores escolhem contas que oferecem recompensas imediatas em troca de realizar seus gastos habituais. Isso lhes proporciona maior satisfação ao saber que seu comportamento está sendo recompensado e é mais provável que voltem a usar o serviço.

É o que acontece com o aplicativo Waylet, da Repsol. Um caso de sucesso do qual os bancos poderiam aprender muito sobre fidelização e satisfação do cliente.

Inclusão financeira

O Open Finance atua como um catalisador que permite o acesso a produtos e serviços financeiros demandados por pessoas sem bancarização: transações, pagamentos, poupança, crédito ou seguros - entre outros. Ainda existem muitos usuários sem acesso a serviços mínimos que atendam às suas necessidades específicas. As instituições tradicionais têm o poder de mudar essa situação, utilizando a tecnologia à sua disposição.

No México, por exemplo, já estão sendo utilizados dados da segurança social para atribuir uma pontuação financeira que permita o acesso a empréstimos.

Hiperpersonalização dos serviços bancários

Os clientes já conhecem os benefícios dos neobancos e desfrutam dos serviços financeiros oferecidos pelas grandes empresas de tecnologia. O que isso significa para os bancos tradicionais? Que os usuários estão exigindo uma relação mais pessoal com sua instituição. É necessário conhecê-los melhor para oferecer um serviço totalmente personalizado. Aqui, as ferramentas de machine learning e NLP podem ser de grande ajuda!

A tecnologia ajuda a localizar momentos preditivos. Quando aparece no extrato de um cliente uma despesa com creche, pode ser um bom momento para oferecer-lhe um seguro de vida, por exemplo.

Produtos "verdes" e sustentáveis

Anne-Sophie Castelnau, diretora global de sustentabilidade do ING, comentou recentemente “Não se pode negar que um dos maiores desafios para a sociedade é a sustentabilidade, em todas as suas formas A mudança climática ameaça tanto o planeta quanto as pessoas" Os consumidores levam em consideração o impacto de seus hábitos de consumo e aqueles bancos que oferecem a medição da pegada de carbono estão alinhados com as preocupações de uma grande parte da população.

No caso das empresas, a neutralidade pode até se tornar um imperativo se quiserem ter acesso a crédito.

Finanças integradas

Embora não seja um conceito novo, no próximo ano veremos opções de banking as a service (Baas) focadas na criação de valor a curto prazo para o usuário final, como pagamentos automáticos, verificação de identidade ou cartões de débito. Para o cliente, isso significa a conveniência de não sair da página da web em que está navegando para fazer uma compra de ingressos, reservar uma mesa em um restaurante ou pagar metade da conta. No seguinte link, ampliamos informações sobre a tendência financeira do banking as a service..

A Klarna usa essa tecnologia e permite comprar em mais de 500.000 estabelecimentos e pagar em 30 dias, ou dividir o custo da compra em 3 parcelas sem juros.

Controle de fraude e cibersegurança

As tentativas de fraude em transações digitais na Espanha aumentaram quase 30% no primeiro semestre de 2023. Diante desse cenário, os bancos precisam proteger as informações sensíveis para evitar possíveis brechas em seus sistemas. Garantir a segurança da banca digital, avaliar a exposição ao risco e examinar as defesas cibernéticas existentes são prioridades que se somam à pressão para cumprir regulamentações cada vez mais rigorosas.

Custo estimado do cibercrime em todo o mundo 2017 - 2028 segurança da banca digital.

Uso de APIs

Com o aumento das transações online, o Open Banking e a PSD2 na Europa continuarão evoluindo. As finanças abertas envolvem o compartilhamento de dados com terceiros por meio de interfaces de programação de aplicativos (API).

Isso promove a inovação e permite oferecer um melhor serviço aos clientes, pois significa uma experiência do usuário aprimorada. Entre as funcionalidades dessas ferramentas estão os pagamentos digitais, a análise e o enriquecimento de dados transacionais ou a melhoria da segurança.

O poder dos dados

O uso de inteligência artificial continua sendo uma tendência no setor financeiro: permite que as instituições contem com ferramentas que analisam, categorizam e enriquecem todas as informações relativas aos movimentos bancários dos clientes. Isso, por sua vez, permite que obtenham insights valiosos com os quais planejar melhor sua estratégia comercial. Se quiser gerar novas oportunidades de up-selling e cross-selling, aqui está a fórmula mágica!: enriqueça as informações que seus clientes oferecem diariamente, segmente-os e hiperpersonalize sua oferta de acordo.

Experiência centrada no cliente

Segundo a McKinsey & Co., 71% dos clientes desejam que as empresas ofereçam experiências personalizadas. Além disso, 76% ficam frustrados se isso não acontecer. Se os consumidores não estiverem satisfeitos com a experiência oferecida, agora têm mais facilidade do que nunca para escolher outra alternativa. O segredo para uma CX impecável está em usar o Big Data para tomar decisões informadas sobre como, quando e por que entrar em contato com o usuário.

Ser um aliado financeiro

Você sabia que poderia se diferenciar da concorrência ajudando seus clientes? É tão fácil quanto oferecer soluções baseadas em IA. Eles podem tomar melhores decisões econômicas com módulos de microsavings, onde alertas personalizáveis os avisam sobre riscos de descoberto ou cobranças duplicadas. Eles também têm soluções como PFM, com as quais gerenciam suas finanças pessoais da melhor maneira possível e sem esforço, graças a alertas, conselhos e ações automatizadas.

Progresso, inovação e colaboração: Aliança FinTech

Colaborar está no DNA das startups tecnológicas. Nossa missão é clara: aproveitar o potencial transformador da colaboração financeira e promover uma economia digital inclusiva que permita superar obstáculos e apresentar ideias disruptivas. A união de bancos e fintechs tornou-se uma abordagem chave para a indústria e, nos últimos anos, destacou a importância da interconexão e da cooperação.


À medida que avançamos, é importante criar novas estratégias que garantam um futuro financeiro sustentável e inclusivo Se quiser saber mais, clique aqui..

Inscreva-se em nossa newsletter e receba nossas últimas notícias diretamente na sua caixa de entrada.