News

3 formas de aumentar as vendas ajudando seus clientes a compensar sua pegada de carbono

A preocupação dos bancos com a sustentabilidade está beneficiando a economia, as empresas, os consumidores e também os próprios bancos. Como é possível? Muito simples, a "banca verde" é um incentivo para muitos usuários, pequenas e médias empresas, que desejam começar a dar os primeiros passos na proteção do meio ambiente.

Sumário


Graças à estimativa da pegada de carbono das transações diárias e à existência de uma variedade de produtos financeiros sustentáveis, o cenário bancário está mudando em todo o mundo. Conforme indicado neste estudo ,

A banca verde garantirá uma estratégia ESG correta por parte das organizações, mas também melhorará a qualidade de seus ativos no futuro e promoverá um investimento ambientalmente consciente".

1. Criar um programa de recompensas para clientes que reduzem sua pegada de carbono 

Certamente, entre seus clientes, há um grupo significativo de pessoas interessadas em reduzir sua pegada de carbono. Você deve localizá-los e oferecer algum tipo de benefício em troca de investir em produtos sustentáveis. Para encontrá-los, por exemplo, você pode analisar com ferramentas de enriquecimento de dados suas transações para detectar padrões de consumo.

Com base nessa análise, você será capaz de oferecer produtos similares ou complementares aos que estão contratados, mas que sejam "verdes" e possam proporcionar um benefício. Estabeleça metas ou permita que os clientes o façam para aumentar seu engajamento. As recompensas podem ser pontos de um programa de fidelidade, ofertas especiais ou até mesmo contribuições para ONGs ambientais.


Uma vez estabelecido o programa, é fundamental comunicá-lo aos clientes de maneira transparente. Revise-o e faça os ajustes necessários para garantir que seja eficiente e atraente para eles. Você pode realizar pesquisas de satisfação ou examinar periodicamente os padrões de consumo dos usuários para identificar economias de energia, mudanças nos hábitos de mobilidade, etc.

New call-to-action

2. Oferecer empréstimos com taxas de juros reduzidas para projetos sustentáveis

Às vezes, é necessário oferecer um incentivo ou um "empurrãozinho", como diria R. Thaler (Prêmio Nobel de Economia e um dos pais das finanças comportamentais) para incentivar comportamentos ecológicos. Você pode oferecer uma taxa mais vantajosa para projetos que protejam o planeta: instalação de painéis solares, melhoria da eficiência energética em casa, compra de um veículo elétrico, planos de gerenciamento de resíduos para empresas e muitos mais. A lista é interminável, o principal é comunicar suas vantagens.

Isso incentivará seus clientes a investir em projetos que reduzam sua pegada de carbono. Existem também contas de poupança que financiam projetos ecológicos, como reflorestamento ou conservação de habitats naturais. Seus usuários podem escolher qual parte de seus ativos será direcionada para esses projetos, podendo personalizar sua contribuição e combater as mudanças climáticas.


Outra opção é oferecer um cartão de crédito que doe uma parte das compras para ONGsque protegem o meio ambiente. Nesse caso, a doação é feita automaticamente quando uma compra é realizada. Foi comprovado que é uma maneira simples de aumentar a satisfação do cliente, pois é um pequeno gesto com um grande impacto que também os ajudará a obter uma maior economia ao declarar seu imposto de renda.

3. Criar um portal com recursos para clientes interessados em reduzir seu nível de emissões

Incluir dicas e recomendações para reduzir o consumo de energia e água, bem como informações sobre meios de transporte sustentáveis é uma maneira de aumentar o tempo de uso das plataformas e o engajamento dos usuários. Também pode ser interessante implementar uma calculadora de pegada de carbono para que os clientes possam medir seu impacto ambiental.

A comparação de resultados com outros clientes, amigos ou familiares aumenta significativamente o desejo de compensar as emissões e, portanto, de contratar produtos capazes de fazê-lo. Sem mencionar que oferece uma importante ferramenta ao banco para viralizar os avanços e converter seus clientes em promotores da marca.


Depois de analisar suas transações, você pode recomendar que mudem para fontes de energia renovável, desliguem dispositivos eletrônicos quando não estiverem em uso ou avaliem meios de transporte mais eficientes. Da mesma forma, pode ser interessante criar uma comunidade de usuários onde possam compartilhar suas experiências e falar sobre como estão reduzindo sua pegada.

Enriqueça as informações transacionais com o cálculo de emissões de CO2.

Os impacto das operações bancárias na sociedade e no meio ambiente

Há anos, a visão dos bancos como provedores de serviços financeiros básicos ficou ultrapassada. Hoje, espera-se que contribuam para o desenvolvimento social e econômico dos territórios onde estão presentes. A gestão do risco financeiro e o financiamento de projetos verdes têm um impacto significativo na estabilidade e no crescimento econômico. 

Existem no mercado motores de IA que, a partir dos dados transacionais brutos, são capazes de criar categorias e subcategorias para associar a elas a pegada de carbono correspondenteNo caso da Coinscrap Finance, para cada categoria é estabelecido um valor médio de CO2 com base nas recomendações do MITECO (Ministério para a Transição Ecológica). 


Além disso, calculamos a emissão de metano (CH4), óxido nitroso (NO3) e o consumo de água. Dessa forma, os clientes bancários podem ver sua pegada de carbono mensal em kg de CO2-eq para categorias como: alimentação, supermercados e compras, lar, transporte e automóvel, lazer, saúde, educação e serviços.

Este módulo permite aos bancos aproveitar as oportunidades oferecidas pela PSD2 e oferecer uma proposta de valor diferenciada enquanto aprimoram sua estratégia ESG.

Quer saber mais? Deixamos um link aqui.

New call-to-action

Inscreva-se em nossa newsletter e receba nossas últimas notícias diretamente na sua caixa de entrada.