News

Zero Party Data: Os bancos já podem adaptar as suas campanhas e serviços "aprendendo" a ler os dados dos utilizadores

82% das instituições bancárias pensam que os seus clientes estão satisfeitos com as suas mensagens. No entanto (e aqui vem a surpresa), apenas 39% dos usuários consideram que as comunicações do seu banco são realmente relevantes. A que se deve esta diferença? Parece que as entidades continuam a enviar mensagens que se centram mais em cumprir os seus objetivos comerciais do que em satisfazer as verdadeiras necessidades e desejos das pessoas que utilizam os seus produtos.

Sumário

Esta é a opinião de Myles Kleeger, presidente e diretor comercial da Braze, empresa que divulgou essas estatísticas há alguns meses. Independentemente dos motivos subjacentes, a realidade é clara: existe um desajuste entre a comunicação que os bancos realizam e o que os clientes pensam sobre ela. Neste artigo, queremos salientar o bom uso do Zero e do First Party Data, para melhorar a relação entre as entidades financeiras e os clientes finais.

O que é Zero Party Data? Esta mini-guia salvará as tuas comunicações bancárias

Zero Party Data refere-se à informação que os usuários fornecem aos bancos de forma totalmente voluntária. Trata-se de informação partilhada diretamente pelos próprios clientes, sem a participação de intermediários. Estes dados geralmente incluem preferências pessoais, informações demográficas e qualquer outra informação que os clientes estejam dispostos a partilhar durante a sua interação com a entidade.

Bancos e fintechs utilizam a tecnologia para melhorar a eficiência, a segurança e, claro, a experiência do cliente, É aqui que surgem vários aspectos relevantes que devem ser cuidados como guardiões das informações pessoais: a gestão e a análise dos dados. Se a grande maioria está disposta a partilhar informações pessoais em troca de um tratamento preferencial, é necessário otimizar o processamento dessas informações para obter o máximo benefício possível. E é aqui que entra em jogo o First Party Data...

Customização e melhoria da experiência do cliente graças aos dados transacionais

Os consumidores querem privacidade e personalização. Para alcançar uma proposta de valor que supere as suas expectativas, é importante completar o seu perfil de cliente utilizando o First Party Data, dados que fornecem durante a interação com a entidade. No caso dos bancos, o histórico de transações torna-se em ouro puro. Oferece-nos um fluxo de valiosas informações diárias sobre os padrões de despesa, preferências de compra, comportamentos de risco, hábitos de poupança, capacidade de investimento e muito mais.

Ao recolher Zero and First Party Data, os bancos podem obter uma visão mais completa dos seus clientes e, portanto, das suas necessidades. Isso torna-os em parceiros financeiros, ao oferecer produtos e serviços hiper personalizados que se adaptam às preferências individuais de cada um dos seus clientes. Além disso, as entidades podem lançar as suas ofertas comerciais no momento certo! Um mês antes de uma apólice de seguro expirar, na semana anterior ao término de uma subscrição, quando surge um rendimento ou despesa inesperada... as possibilidades são infinitas.

Aproveitar o Zero Party Data é apenas o começo

Sim, leste corretamente... Isto deixa bastante claro que a indústria ainda tem uma margem considerável para melhorias. Como são dados que já têm à sua disposição, é possível analisá-los de forma eficaz e respeitosa para oferecer uma experiência de cliente única. Os consumidores estão cada vez mais conectados e o uso de métodos de pagamento digitais é uma fonte constante de Zero Party Data.

Tudo são boas notícias para o setor! Com as ferramentas certas , já podem adaptar essa experiência a cada destinatário em tempo realDecifrar os atributos específicos de cada transação é possível usando os chamados categorizadores bancários com enriquecimento de dados. Esta tecnologia permite, tanto a bancos como a utilizadores, saber onde o dinheiro está a ser gasto: comércio, localização, montante e pegada de carbono associada à compra.

Aproveita o poder dos dados transacionais bancários

Os insights financeiros realçam os serviços bancários

As ferramentas mencionadas permitem analisar diferentes fontes de informação e descobrir o rasto que os utilizadores deixam na sua atividade diária. Uma vez que as suas transações estão organizadas em categorias e subcategorias, é hora de fazer magia e mostrar comportamento futuro do cliente , com base no seu histórico de transações.

Isto não é apenas útil para as entidades, mas também representa uma vantagem competitiva no atendimento ao cliente. Estamos a mostrar ao utilizador quais são as suas áreas de melhoria para aumentar a sua saúde financeira. Se agora interagem quase exclusivamente através da banca online, que melhor do que integrar nela ferramentas que facilitem a sua vida.

Ajudá-los quando surgem eventos importantes (o nascimento de um filho ou a compra de uma casa) ou imprevistos (uma despesa extra ou um rendimento inesperado), pode fazer com que a relação entre um banco e o seu cliente dure uma vida inteira. É tão simples como agendar alertas na plataforma digital das entidades bancárias. Com esses avisos automáticos, nenhum evento incomum passará despercebido.

O que não sabias sobre aumentar os seus lucros investindo em tecnologia

Por vezes, os bancos, seja devido à metodologia herdada ou à capacidade limitada para recolher, armazenar e analisar grandes volumes de dados, optam por colaborar com uma fintech. Esta decisão pode poupar-lhes importantes investimentos em infraestrutura e inovação. Algo importante quando o custo de aquisição de novos clientes disparou... Além disso, na hora de escolher um banco, muitos consumidores investigam se são dignos de confiança.

Destacar-se com uma atitude transparente, grandes doses de empatia e múltiplos canais de comunicação para resolver as suas dúvidas, tornará a sua escolha mais fácil. Mas o que realmente diferencia uma entidade da outra é o fato de basearem as suas campanhas em dados reais. A informação está ao alcance da mão e permite à entidade posicionar-se como um especialista financeiro que melhora a qualidade de vida dos seus clientes. É o poder do Zero e do First Party Data!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba nossas últimas notícias diretamente na sua caixa de entrada.