News

A geolocalização dos movimentos bancários e dos merchants internacionais

A banca digital atual depende do processamento de dados e informações financeiras para fornecer soluções comerciais aos comerciantes internacionais.

Sumário

 

 Uma das bases fundamentais deste modelo é a capacidade de identificar movimentos geolocalizados de operações bancárias em tempo real e de forma precisa.

A importância da geolocalização de movimentos bancários para os merchants internacionais

A prestação de serviços de geolocalização bancária representa um dos eixos fundamentais do comércio online

Nos últimos anos e especialmente durante a pandemia, a gestão das operações comerciais online tem sido o setor de maior crescimento. Isso ocorreu tanto do ponto de vista tecnológico quanto do bancário e financeiro.

No que diz respeito aos serviços de geolocalização, esse fato é ainda mais significativo. De acordo com o relatório Location Based Services Market Statistics: 2030, realizado pela Allied Market Research em meados de 2021, trata-se de um mercado que, em 2020, valia cerca de 36 trilhões de dólares

Esse valor aumentou para 45 trilhões em 2021. Por isso, estima-se uma taxa de crescimento anual composta de 24,3%; em 2030, representaria cerca de 320 trilhões de dólares.

Esse crescimento pronunciado deve-se à maior dependência dos grandes comerciantes e merchants internacionais das soluções do setor fintech. Com essas soluções inovadoras, eles podem melhorar o desempenho dos serviços e explorar mercados emergentes. 

Esses mercados tornaram-se acessíveis graças às APIs de geolocalização (interfaces de programação de aplicativos) para registrar e processar movimentos bancários e transações comerciais.

Legislação atual e regulamentação da geolocalização de movimentos bancários

A nível europeu, a Diretiva de Serviços de Pagamento Revista PSD2 (Payment Services Directive) da Comissão Europeia é uma das iniciativas regulatórias de maior alcance internacional. Esta estabelece as condições para uma exploração legítima dos serviços de pagamento e a intervenção dos provedores de dados.

Mais especificamente, o Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) determina as condições legítimas para o uso de dados por parte de empresas, entidades financeiras e outras organizações. O RGPD indica as boas práticas para a coleta, armazenamento e transmissão de dados dos usuários.

Em nível local, pode-se fazer referência ao artigo 64.b do Decreto Real 424/2005, de 15 de abril. Este artigo estabelece as condições legítimas para a proteção dos dados do usuário com base no uso dos dados de localização em atividades comerciais ou financeiras.

Como aplicar a geolocalização nos movimentos bancários

Os processos de geolocalização de movimentos bancários são complexos. No entanto, atualmente, as APIs incorporam toda a tecnologia necessária para criar serviços de pagamento e gestão bancária a partir de diferentes dispositivos.

A geolocalização utiliza os seguintes componentes de forma conjunta para oferecer dados confiáveis sobre os movimentos bancários:

Tecnologia de geolocalização

Em primeiro lugar, é necessário que as operações sejam realizadas por meio de dispositivos que possuam alguma das tecnologias de posicionamento geográfico. As mais comuns são:

  • GPS
  • Wifi
  • Bluetooth

Acesso a uma rede de internet

Para que a geolocalização de movimentos bancários seja eficaz e em tempo real, os dispositivos precisam ter acesso a uma rede. Essa rede permite umatransmissão de dados contínua entre o usuário e o provedor de serviços: internet de fibra, 3G, 4G ou 5G.

Embora não seja novidade que a maioria dos nossos dispositivos tenha acesso à internet e geolocalização nos dias de hoje.

Provedores de serviços

Neste caso, são os operadores de serviços de geolocalização. Os provedores gerenciam o software e possuem os componentes necessários conforme os requisitos do cliente. Dessa forma, são criados modelos de dados que são aplicados às APIs.

Provedores de mapas

Por fim, dentro da geolocalização, são essenciais os provedores que oferecem seus próprios serviços de cartografia digital. Assim, tornam acessíveis informações sobre negócios, empresas, órgãos públicos e autoridades para serem utilizados pelas APIs —Google Maps é o mais importante deles.

New call-to-action

Quais são os benefícios da geolocalização tanto para as entidades bancárias quanto para os clientes?

Os benefícios da geolocalização são evidentes, especialmente para as entidades bancárias e os comerciantes internacionais

Esta tecnologia permite melhorar o desempenho das transações geolocalizadas com base na segmentação de mercado. Aqui estão alguns dos seus benefícios mais destacados:

Verificação de transações

A geolocalização permite estabelecer uma zona geográfica das operações habituais da pessoa. Isso permite rastrear seus movimentos para verificar as transações e confirmar os movimentos bancários realizados em estabelecimentos físicos.

Melhoria do desempenho dos serviços bancários

Os dados geográficos confiáveis sobre os hábitos de consumo permitem estabelecer um perfil socioeconômico mais preciso do usuário. Isso permite que as entidades bancárias se adaptem às necessidades individuais de cada cliente. Por meio dessa categorização e classificação, os serviços são agrupados em diferentes categorias de consumo e a oferta de serviços ou o envio de comunicações, entre outras, oferta personalizada.

Aproveite o poder dos dados de transações e use a inteligência artificial do COCO para analisar e categorizar os dados bancários.

Benefícios comerciais

Ao ter acesso aos dados de consumo habitual dos clientes, os aplicativos de bancos online podem indicar aos usuários os benefícios comerciais disponíveis nas proximidades ou que possam interessar a eles

Os comerciantes internacionais e as empresas podem identificar áreas onde há maior incidência de clientes. Isso torna as comunicações comerciais muito mais precisas, instantâneas e eficazes.

Pessoa certa, local específico e momento preciso.

Poderá estar interessado em saber mais sobre os programas de recompensas na banca digital.

Graças à geolocalização, as empresas podem expandir seu alcance para um espectro maior de mercado. Isso representa uma forma inovadora de oferecer serviços com base em hábitos de consumo sazonais, expectativas de consumo e tendências emergentes em áreas anteriormente negligenciadas.

Descubra como fidelizar seus clientes aqui.

Para os comerciantes internacionais, os serviços de geolocalização bancária permitem a construção de um perfil dos usuários que melhora o desempenho comercial. Por esse motivo, os movimentos bancários geolocalizados são um aspecto fundamental para o desenvolvimento do setor bancário digital.

Vamos aproveitar esses dados transacionais úteis e tirar proveito do mapa em que estamos localizados.

Inscreva-se em nossa newsletter e receba nossas últimas notícias diretamente na sua caixa de entrada.